A masturbação é um ato sexual normal, porém cercado de mitos e dúvidas. Seja por crenças religiosas, falta de informação ou vergonha podem deixar o ato mal visto e praticado.

Se feito com moderação pode levar benefícios a saúde do homem e até ajudar quem sofre de ejaculação precoce.

Segundo um estudo científico da Universidade de Harvard, os homens deveriam se masturbar ao menos 21 vezes para reduzir o câncer de próstata.

Quem tem mais orgasmos elimina mais toxinas que poderiam ficar acumulados na próstata. Além do ato, a dieta e a prática de exercícios físicos devem ser aliados também.

Outro aliado é a informação, desvendar mitos pode ajudar a lidar com o medo e a culpa que podem surgir.

Desvendando mitos

Não causa impotência;
Não tem risco de ficar sem esperma;
Não causa infertilidade;
Não faz o pênis ficar torto;
Não causa doenças mentais;
Não afina o pênis;
Não diminui a sensibilidade do pênis;
Não causa nenhuma doença;
Não causa acne;

Ainda segundo um estudo do Jornal de educação sexual e terapia, os casais que se masturbam são mais felizes em seus casamentos. Portanto, a masturbação masculina e a feminina tem seus benefícios.

Além disso, não existe um número correto para saber se o ato é normal ou não. O que deve ser levado em consideração é se está causando feridas, fraturas e machucados ou interferindo e atrapalhando a rotina ou o relacionamento.

Nesse caso, procurar um terapeuta sexual é a melhor solução a longo prazo.

Benefícios da masturbação

A masturbação além de preventivo contra o câncer de próstata, beneficia a mente e o organismo. Ainda pode reduzir o estresse pelo alívio de tensões, melhora a qualidade do sono, aumenta a concentração, alivia dores de cabeça e aumenta a autoestima.

Masturbador duplo

O uso de acessórios sexuais é uma boa maneira de variar o toque da mão. A longo prazo, alguns homens tendem a reclamar que o toque não satisfaça mais. Porém, a masturbação não causa a perda da sensibilidade.

Nesse caso, procurar um masturbador duplo pode ser ótimo. Alguns modelos são confeccionados em cyber skin, de textura macia e aconchegante, que simula a pele da vagina de forma satisfatória.

De material a prova d’água é de fácil limpeza e praticidade. Além disso, ainda é possível escolher tamanhos e formatos variados.

Cuidados essenciais

Depois do uso é essencial lavar bem o masturbador duplo para evitar infecções e conservar o acessório erótico. Para higienizar existem sabões líquidos antibacterianos eficientes no mercado.

Depois, é preciso colocar talco para o masturbador manter sua textura para o próximo uso.

Além disso, deve-se tomar cuidado com uso de lubrificantes e o masturbador não deve ficar com o produto de um dia para o outro. Ele deve ser sempre a base de água ou silicone e nunca usar óleos minerais.

Ele deve secar ao ar livre e não usar papel toalha ou tecido de algodão. Além disso, será preciso usar camisinha.

Esse artigo foi útil? Dê uma olhada nos masturbadores duplos da Litoral Moda Íntima.