Foi-se a época em que os preservativos serviam apenas para a proteção. Hoje, mais do que um método contraceptivo, a camisinha se tornou um instrumento à mais para variar durante o sexo.

Os fabricantes estão apostando em novos modelos, com diferentes formatos, espessuras e até sabores, para incentivar o uso daqueles que ainda acham a ‘capinha emborrachada’ uma chateação e diminuem o prazer (um mito), e por isso preferem não usá-la.

Vale lembrar que os preservativos masculinos são 98% eficazes, tanto contra uma gravidez indesejada quanto para as DST’s, e se a ideia é evitar uma dor de cabeça futura, a melhor opção é sempre usá-la.

No mercado, já existe uma infinidade de camisinhas que produzem várias sensações e têm efeitos que vão desde aumentar a sensibilidade à retardar a ejaculação, entre outras coisas.

A Litoral Moda Íntima vai mostrar 6 tipos de preservativos que você deve conhecer e, principalmente, levar para a cama:

* Aromatizada: com cores e sabores diferentes, estimula o olfato na hora da relação, criando novas sensações graças à união dos sentidos. É recomendada também para o sexo oral;

* Texturizada: possui ondulações ou pequenas esferas pelo comprimento, feitas especialmente para aumentar a estimulação da mulher durante a penetração;

* Ultra Sensível: esse preservativo é mais fino e macio, e oferece a sensação de maior naturalidade;

* Ultra Lubrificada: dispõe de um fluído lubrificante, que mantem a lubrificação contínua ao longo da relação e dá mais conforto para o casal;

* Retardante: possui um aditivo que ajuda o homem no controle da ejaculação, permitindo que a penetração dure mais e que o casal possa alcançar o orgasmo juntos;

* Feminina: é uma alternativa para os casais que procuram sexo seguro, mas dispensam o uso da camisinha masculina. O legal desse tipo de camisinha é que a mulher pode introduz na vagina até 8 horas antes da relação, sem prejuízo de eficácia.

Ficou tentada a experimentar? Escolha a que mais combina com você e convide seu parceiro para uma brincadeira interessante e, à cima de tudo, saudável.