A calcinha vibratória promove uma ótima experiência para quem deseja deixar as mãos livres para estimular outras zonas erógenas, usar no sexo com outra/s pessoa/s ou fazer parte de brincadeiras para sair da rotina. Segundo relatos, vale muito a pena.

Calcinha vibratória

Uma das cenas mais lembradas envolvendo a calcinha vibratória com controle remoto é do filme A Verdade Nua e Crua de 2009.

A personagem Abby Richter (Katherine Heigl) usa a calcinha em um restaurante e chega a um orgasmo cômico em público. Desde então, virou um certo clichê replicado em inúmeras brincadeiras pela internet.

Esse apetrecho chegou ao Brasil em 2010 e atualmente tem muitos modelos a disposição. Naquela época, era restrito a ser usado com um controle remoto, mas com a chegada da tecnologia, é possível controlá-lo usando um aplicativo smartphone via wireless.

Incomoda?

Segundo alguns relatos, os modelos atuais são bem confortáveis, mas não são tão indicados para usar o dia inteiro. Afinal, apesar de ser pequeno ainda é um objeto.

No entanto, tem gente que até esquece. Afinal, ele fica bem seguro e não ocorre atrito ou machuca. Portanto, esse quesito é bem pessoal.

A dica é experimentar até achar um modelo que se encaixe perfeitamente na vagina. Outro quesito importante: ele é tão discreto que não faz volume algum na roupa.

Benefícios

Essa calcinha vibratória pode ser usada ainda por casais/trisais que mantém relacionamentos a distância com controle de intensidade e vibração para deixar a relação apimentada.

Entre seus benefícios estão a discrição, sua multifuncionalidade e versatilidade. Ele pode ser fixado em qualquer lingerie através de um ímã e abas, mas pode ser usado como massageador para o corpo e o tamanho compacto é ótimo para esconder e levar em viagens.

Além disso, ele pode transformar atividades cotidianas e ir aumentando o clima e tesão até chegar a hora do encontro pessoal.

Ou para relaxar e atingir o orgasmo através do vibrador em determinado momento. Portanto, indicado para sair da rotina e além do estímulo erótico poder ser divertido.

Fantasias sexuais

A calcinha vibratória funciona com estímulo direto no clitóris e pela vagina toda também. Ela pode facilmente instigar fantasias sexuais, como deixar o domínio para outra pessoa ou ter orgasmos em público.

Afinal, a mulher que usa a calcinha fica totalmente vulnerável aos estímulos enviados por distância através do controle ou do aplicativo.

Essa expectativa de não saber quando chegará um estímulo ou em qual intensidade pode ser muito excitante.

Para quem deseja usar em público, é bem silencioso e não será possível ouvir as vibrações. No entanto, para quem necessita do domínio da situação pode ser meio desesperador uma submissão completa.

Dicas

Uma dica que pode fazer a diferença é usar um pouquinho de lubrificante. Além disso, apesar de poder ser combinado com qualquer lingerie, usar a calcinha do fabricante ou uma que tem um compartimento especial dará mais segurança na hora de usar o banheiro, por exemplo.

Além disso, é recomendado não esquecer de mantê-lo carregado antes de sair de casa para não ficar não mão.

Escolher os modelos a prova d’água é um quesito essencial, já que se for usar debaixo da roupa pode ter o risco de suar.